domingo, 17 de outubro de 2010

Renata

Minha inspiração para escrever se dá geralmente quando estou sufocada com algo e preciso desabafar. Às vezes é saudade, raiva, lamentação, entusiasmo. Dessa vez não é diferente, preciso falar de amizade verdadeira.

Pela minha experiência de amizade, uma das melhores coisas de se ter um amigo é a possibilidade de troca de alívios que ela te proporciona. Sabe aquela coisa de você ter um problemão e daí vem um amigo que te diz ou faz algo que você passa até a respirar melhor de tanto alívio?

Amigo, você quer que seja o primeiro a saber de suas realizações, pois você sabe que ficará feliz de verdade.

Amigo, você às vezes magoa sem querer. Eu já fiz isso várias vezes, pelo meu excesso de praticidade. Quem disse que seriam só flores?

Materializando o sentido da amizade. Atualmente se chama Renata. Ela tem sido minha família nesse período da vida em que as pessoas que mais amo estão longe. Ela tem me aliviado e pra ela eu tenho contado minhas realizações.

Hoje é aniversário dela e tudo que eu mais desejo é que ela seja muito, muito, muito feliz. Espero corresponder com o que puder para isso. E espero aliviá-la sempre que precisar.

Renata, feliz aniversário! :)